quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Casamento: meu e seu


          Após um dia inteiro de curso de noivos no final de semana preciso compartilhar a minha conclusão. Todos os palestrantes explicaram que após o casamento não há meu e seu, e sim nosso. Claro que como bem aprendi na faculdade, aquilo que foi adquirido pelo esforço conjunto do casal pertence a ambos, mas não foi esse o sentido proposto. Nos foi dito que para um casamento durar, não devemos fazer mais nada sozinhos e onde um não pode ir o outro não vai, ou que é um absurdo casais que ainda não concordam em ter conta conjunta ou que decidem dormir em camas separadas.


          Sei que é necessário manter a tradição. Sei que radicalizar demais como morar em casas separadas pode distanciar o casal e se perder a cumplicidade. Mas sei também que usar o sanitário enquanto seu companheiro corta os cabelos do nariz pode quebrar qualquer encanto. Portanto, pra mim, e Graças a Deus, para meu querido futuro esposo, é importante mantermos nossa individualidade, cada um com suas coisas, vontades e momentos particulares (de futebol com os colegas ou café com as amigas), mas mantendo uma parceria gostosa, compartilhando projetos e atingindo metas juntos.

          O ideal se resume nessa foto, que tirei do site da Etsy: cada um com a sua colher, mas comendo juntos do mesmo pote!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário