quarta-feira, 14 de março de 2012

"Este País que não vai pra frente..."

          "Um grupo de amigos estava há horas conversando em um bar: João, Carlos, Marcos, José e Junior. Todos tinham algum tipo de reclamação a fazer, como eles dizem, deste País que não vai pra frente! A roubalheira de agentes públicos, o uso abusivo dos benefícios concedidos aos parlamentares, os policiais corruptos nas estradas, a ilegal troca de favores entre empresas e poder público, a quantidade de furtos de veículos no bairro.

          O João, quando o chefe não está, leva pra casa folhas sulfites, canetas e grampos da empresa, para uso pessoal – tem tantos lá, ninguém vai perceber! O Carlos, perfeito fisicamente, às vezes está com muita pressa e um pouco cansado, pára na vaga de deficientes físicos do shoppingmas é rapidinho e nem tem tantos deficientes indo ao shopping mesmo! O Marcos precisava tirar os pontos de sua carteira de motorista, já caçada, pagou ao amigo de um conhecido que fazia esse serviço “por fora” rapidinho – afinal, não dá pra ficar sem dirigir! O José tinha acabado de comprar um rádio de carro novo, última geração, de origem duvidosa e pelo qual pagou muito pouco – um dinheirão economizado, isso é o que importa! O Junior, médico, disse que estava arrumando as malas para Cancun, presente de um laboratório por indicar seus remédios caros aos pacientes - mas isso é legal, não é?!

          Na hora de pagar a conta, o garçom se esqueceu de cobrar quatro garrafas cerveja. Deixa quieto. Saímos no lucro hoje, rapaziada!"

        Se o País não vai pra frente, será que é por causa dos outros????

Reflita!






Nenhum comentário:

Postar um comentário