quarta-feira, 25 de julho de 2012

O poder da Imagem: Katie Holmes e o divórcio



          Quem acompanhou o casal Katie e Tom Cruise durante o casamento de seis anos viu a evolução na imagem da queridinha Joey de Dawson´s Creek, de menina simples e desengonçada para ícone fashion e melhor amiga de Victoria Beckham.




          Mas foi nos últimos dias que a escolha de suas  roupas tomou outro rumo. Exatamente quando decidiu pedir o divórcio do ator, Katie saiu de casa com a filha por sete dias seguidos com uma imagem e destinos detalhadamente orquestrados, já que ela com certeza não precisaria enfrentar a multidão de fotógrafos para comprar pessoalmente um galão de leite no mercado.


          Segundo o jornal The New York Times, o pedido de divórcio "coincidiu" com sua aparição na capa da revista ELLE de Agosto e a primeira apresentação de sua coleção de roupas Holmes & Yang que, aliás, Katie fez questão de usar em suas aparições públicas deixando de lado os presentinhos de marcas famosas.


          Jogadas de Relações Públicas à parte, o interessante é que nessas aparições a atriz sempre surgiu sem maquiagem e vestindo roupas de tecidos naturais, jeans, sapatilhas, cores mais claras, tudo considerado "normal". Todo esse cuidado com sua aparência - provavelmente com o auxílio de uma boa equipe - foi com o intuito de mostrar uma imagem de boa mãe (aliada a passeios a museus e sorveterias com a filha Suri) e de gente como a gente, em contrapartida às loucuras cientológicas de Tom Cruise, justamente para garantir bons resultados, inclusive quanto à guarda da filha, em uma disputa judicial.


          Com certeza os looks fashionistas que usava não representariam essa pessoa. A imagem de boa moça despreocupada com a aparência não só gerou mais simpatia do público, mas também pode ter ajudado o processo de divórcio, que acabou resultando em acordo entre as partes. Ah, sem esquecer que as vendas da sua coleção de roupas estouraram na semana do lançamento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário