quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Dê um descanso à beleza

          Depois de tantos anos deixando minhas unhas pintadas ininterruptamente de todas as cores possíveis decidi dar um tempo a elas. Resolvi ficar por uma semana sem fazê-las. Isso mesmo, unhas originais, como vieram ao mundo, mas mantendo-as limpinhas e lixadas.

          Isso me levou a pensar que tudo precisa de um descanso! Tudo o que é demais cansa, satura, irrita e pode até deixar doente! Por isso mesmo é previsto em lei um mês de descanso aos trabalhadores a cada ano de trabalho. Adicionar ao nosso corpo elementos artificiais externos sem interrupção pode causar efeitos às vezes desagradáveis à saúde. No caso das unhas, o excesso de esmalte pode deixá-las fracas e manchadas.

         Sei que deixar de fazer as unhas por mais de uma semana pode parecer aterrorizador pra muita mulher vaidosa, mas também é libertador! Se pensarmos mais profundamente, quebrar as regras de vez em quando, mesmo que em proporções muito pequenas, pode fazer muito bem, em todos os sentidos.


          Aqui estão algumas sugestões para descanso:

  • Fique por uma semana sem pintar as unhas.
  • Deixe a pele livre da lâmina ou cera por alguns dias. Homens, se a profissão permite, deixem a barba por fazer - lembrando que certos pêlos quando não eliminados e aparentes podem causar impressões desagradáveis, além de ser um eficiente método anticoncepcional! :)
  • Se você é adepta à escova, permita aos cabelos a secagem natural após a lavagem. Se somente usa os cabelos presos, use-os soltos.
  • Passe um dia inteiro sem se maquiar. Se isso parecer assustador, aproveite um domingo em casa.
  • Tome um banho sem o uso do sabonete, somente água. Dependendo do tipo de sabonete, toda a oleosidade natural é eliminada e a pele fica ressecada - lembrando que estamos em um período muito seco no Estado de São Paulo!


          Essas sugestões podem parecer contraditórias para quem lida com imagem pessoal e lembram algo meio anos 70, mas  a ideia é tentar quebrar paradigmas e aproveitar umas pequenas "férias" de tudo aquilo que é artificial, apesar de sermos absoluta e eternamente gratos por de fato existirem!

         Obs. Não vá fazer tudo isso de uma só vez, pelo bem de sua vida social!

      

Nenhum comentário:

Postar um comentário