segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Imagem pessoal e os políticos

          Ninguém aqui duvida do poder que a imagem pessoal de um político tem em colaborar com seu sucesso eleitoral, certo? Não há exemplo melhor do que nosso famoso ex-presidente Lula, que passou de barbudo bravo para o conhecido "lulinha paz e amor", tudo através de uma drástica mudança principalmente na forma em que se apresentava para o público.


          Nesse momento de eleições, não apenas em nosso país com os segundos turnos para a escolha dos Prefeitos, mas também nos Estados Unidos, onde haverá de ser eleito o novo Presidente da Nação, muitas técnicas de marketing e imagem pessoal são utilizadas para auxiliar no melhoramento das impressões que os eleitores têm de cada candidato.

         Como nós estamos interessados no que podemos aprender com isso, aqui vão algumas técnicas que funcionam para qualquer pessoa e em diversas situações.

Serra e Haddad em debate - as listras ajudam na imagem profissional
CORES
          As cores mais utilizadas por candidatos a um cargo político são AZUL, CINZA E BORDÔ.
          O azul marinho transmite segurança, confiança, honestidade e credibilidade. Não coincidentemente é a cor utilizada em uniformes da polícia de vários países.
          O cinza expressa solidez, conservadorismo, autoridade e controle.
          E o vermelho escuro ou bordô envia a mensagem de tradição, energia, ação, paixão e confiança pessoal.
         Além de essas cores causarem todas essas impressões em frações de segundos em nosso inconsciente, são cores ótimas para TV e foto, já que são sóbrias e não ofuscam as lentes nem nossos olhos.

Romney e Obama durante o último debate - ternos cinza e marinho, cores nas gravatas

CAIMENTO
          Roupas com caimento perfeito acariciam os olhos de quem vê. Tudo fica harmônico e agradável. Roupas muito largas ou muito justas fazem qualquer pessoa parecer estar acima do peso real e podem dar a impressão de baratas. O terno e a gravata sempre são as melhores opções para quem quer ter a imagem de um bom administrador.

Candidatos Serra e Haddad, sem terno, mas mantendo as cores e mangas arregaçadas

          Em algumas ocasiões, no entanto, o terno é dispensado para que o candidato se aproxime do povo. Parecer gente como a gente faz dele alguém que se preocupa com a situação da comunidade e que sente o que a população sente. Por isso, é importante sempre pensar quem será sua platéia ou com quem irá interagir. Vestir-se como seus ouvintes cria uma identidade que facilita muito a comunicação.

EXPRESSÃO FACIAL
          Assim como o Lula absorveu o sorriso amigo, todo candidato é orientado a sorrir, mesmo que esse não seja o seu ponto forte. Ninguém resiste a um sorriso como cartão de visita. As expressões serenas e alegres sempre atraem a atenção das pessoas e abrem portas.


Nossa Presidente ainda fica melhor sorrindo!


          Essas dicas servem em qualquer situação, principalmente no ambiente profissional, onde a primeira impressão é de extrema importância!

Nenhum comentário:

Postar um comentário