sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Como combinar estampas

          Combinar estampas sem parecer a esposa do palhaço é sempre um desafio. Com imagens de editoriais de moda das marcas Miu Miu e Prada, que apostaram muito em estampas inspiradas nos anos 60 e 70, aprendemos que para manter a coesão entre estampas é importante que uma delas tenha pelo menos uma cor presente na outra estampa ou que sejam da mesma família de cores.


          Nos exemplos acima, as imagens, apesar de serem editoriais - lembre-se que não exatamente refletem o uso da roupa no dia-a-dia, mas mostram a cara da marca e o que ela quer transmitir - são harmônicas, ou seja, ainda que as estampas combinadas sejam diferentes, as cores são as mesmas, ou pelo menos, muito parecidas.


               Neste segundo bloco de imagens, os conjuntos de estampas apresentam diferentes combinações de cores, combinações de cores análogas e complementares,  (veja mais sobre cores aqui), e geram maior contraste e dinamismo. 

               Usando a técnica de escolher cores presentes em ambas as estampas, as combinações agradam aos olhos, sem que o look pareça ter sido escolhido no escuro. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário